Como sabemos, um condomínio integra, obrigatoriamente, espaços de propriedade privada (as fracções autónomas) e outros de propriedade partilhada (as partes comuns).

Para ajudar a evitar confusões, a lei definiu uma lista onde se enumeram as partes comuns de um edifício. 


Infografia


Vídeo

Descubra com este vídeo tudo o que a nossa jurista tem para lhe dizer sobre a problemática das partes comuns de um condomínio. 


A ter em conta

Para ter acesso ao artigo completo:
SUBSCREVA o Condomínio DECO+
ou
ENTRE na sua conta.